Roma, uma cidade construída para “o visitante célebre”, tem a hospitalidade como sua principal missão. Dos peregrinos, por quem as ruas foram criadas e forjadas, até os antigos e modernos turistas, a Cidade Eterna oferece sua imagem de um abraço na praça de São Pedro para o mundo e o estrangeiro. Hoje, poucos se lembram do laço indissolúvel entre a cidade e os trabalhadores da indústria hoteleira. Mas algumas estórias se mantêm tangíveis.

LEIA MAIS MENOS

E as paixões que se tornam história. Uma paixão compartilhada por hospitalidade uniu Giuseppe Roscioli e Anna Maria Pallavicini, um jovem casal que fundou seu primeiro hotel em Nice. Mas Roma estava predestinada a ser o destino deles. Em 1932, na mesa do Grand’Italia Café, na Piazza Esedra, dois amigos ofereceram a Giuseppe e Anna Maria uma pequena pousada para comprar, no segundo andar de um nobre palácio, construído em 1888, próximo da Estação.

Esse é o começo da história, o começo da “nossa” história. Em 1933, a pensão Roscioli vê a luz, a primeira pensão em Roma com água encanada em todos os quartos antes da Guerra; a família reformou completamente o hotel. Seus amigos e os usuais hóspedes ficaram tão impressionados que mudaram o nome para “Universo”. O destino da família é inevitavelmente ligado à Capital e aos eventos da Itália. Em 1943, o hotel se tornou a sede das tropas alemãs e depois a base do exército Britânico depois da libertação. Giuseppe, Annamaria e seus filhos, Dario, Franco, Claudio e Livio, tiveram que conduzir a família em um dos momentos mais dramáticos da nossa história, mas a paixão persiste e se fortalece.

No novo Hotel Universo, os Roscioli continuam apresentando novidades, conscientes de seu papel em hospitalidade em Roma. Em 1957, com 300 lugares, a sala de conferência do hotel é a maior e mais moderna de toda a cidade. Os anos se passam, a família cresce e a paixão também: desde 1984, um após o outro, eles adicionam novos hotéis: O President, o Royal Santina, o Aris Garden e o Claridge, cujos padrões foram reconhecidos por importantes cadeias internacionais de hotéis, como Best Western e Hilton.

Hoje, o grupo Roscioli com suas 4 estrelas pela elegância e sua própria história desde 1933, continuamente ligada à indústria hoteleira de Roma, forma uma imagem única da Cidade Eterna dedicada à hospitalidade. O sucesso é transmitido para as mãos dos netos, que continuam a dar as boas-vindas aos hóspedes com o calor da tradição e da inovação nas suas cinco instalações familiares, mas, acima de tudo, expressa através de um sentimento transmitido de pai para filho, do início do século XX até os dias de hoje, “paixão”. Este ano, a família Roscioli soprará 80 velinhas no coração da capital.

Nós somos a quarta geração e a história continua... E ainda continua sendo uma maravilhosa aventura!